Human Centered Design

capa livro HCD

Um livro feito para criar novas soluções cabíveis dentro de qualquer empresa, como se fosse um “kit” de ferramentas aplicáveis como eles mesmos chamam. Pois o livro guia quem o está lendo, onde este, provavelmente vai por o HCD em prática, a como agir, o que fazer em determinadas situações, quanto tempo dar para cada atividade, como ele é totalmente flexível para ser incrementado outras metodologias, etc.

Eles. Esse é o curioso. Este livro foi financiado pela Fundação Bill & Melinda Gates! Tendo ainda a associação de quatro organizações, sendo uma delas a IDEO.

Além disto o PDF deste está disponível:

http://static2.inovacaoedesign.com.br/artigos_cientificos/hcd_portuguese.pdf

_________________________________________________________________

Design Centrado no ser Humano.

É esta a proposta literal do livro, começar seus trabalhos pelas pessoas para qual você vai criar uma solução.O que elas desejam? É possível por isso em prática? E a viabilidade?

“As pessoas comuns sabem mais do que ninguém quais são as soluções corretas.”

O HCD também é conhecido como Ouvir, Criar e Implementar! Não é algo muito diferente do que já estamos acostumados a ver sobre como prosseguir com um projeto, aqui, apenas é aprofundado como isto deve ser feito!

Pensa-se assim pois “é comum que organizações façam pesquisas e disponham de muita informação, mas não sejam capazes de transformá-las em soluções concretas.processo

Na maioria das vezes fazemos os projetos “confinados” em nossa instituição. A simples atitude de sair para conhecer, conversar, olhar o comportamento das pessoas podem “revelar novos insights e oportunidades inesperadas”. Coisa que devíamos praticar mais, conseguindo assim, um resultado melhor e bem mais aceito.

Um método interessante mostrado no livro é a Auto-Documentação, onde um registro de experiências é feito por parte dos usuários, já que não podemos ficar com os mesmos 24 horas por dia. Permitindo à equipe entender como os participantes vêem suas vidas, a comunidade e seus relacionamentos. Gerando ainda um envolvimento do lado dos participantes que os fazem sentir como parte do projeto.

O que ajuda a filtrar as informações de acordo com o que é desejável para os consumidores e não o que é viável para a empresa. O objetivo, ao incluir os consumidores, é o de mudar e evoluir as soluções, e não provar que elas são perfeitas.

É igualmente importante ter uma “Mente de Principiante”, pois aos entrar nos ambientes que estão fora da nossa zona de conforto é importante se desfazer das interpretações que temos no nosso conhecimento pré-existente.

E com um fácil Plano Cartesiano conseguimos ver se as informações e propostas até agora estão dentro do solicitado.

HCD

Usuários existentes referem-se à classificação dos potenciais clientes do produto ou serviço. Mantendo então as soluções incrementais à frente das revolucionárias, a probabilidade de aplicá-las ao final do processo é maior.

O final do processo! O HCD não fica de fora dessa parte. Todo o contexto se extende após a implementação da ideia, continuar a coletar informações, opiniões, avaliar como as soluções estão afetando a vida das pessoas, etc.

O que no fim das contas, é para isto que estamos aqui, para oferecer um serviço bem feito, com um “antes”, um “enquanto” e um “depois”, não é?

Sem uma análise final, não há evolução da própria capacidade de oferecer soluções, pois não terá o que melhorar se o mesmo não foi atrás para ver o que deu certo e o que não deu.

 

Espero que com essa pequena resenha as pessoas se interessem mais pelo assunto. É um livro curto e daqueles que tem que ficar na cabeceira da cama!

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s